Indoor? Vem é Saltar de Paraquedas em Portimão!

Tandem Skydiving Pictures and Video Skydive Seven Algarve

Skydive Indoor chegou a Portugal, é uma experiência interessante, do tipo “parque de diversões” e que simula o voo mas dentro de uma máquina com ‘vidros’, onde vais poder sentir teu corpo a ser empurrado pelo vento enquanto um ‘instrutor’ te vai segurar para te conseguir controlar a posição!

Estes locais têm uma vista condicionada, por norma tens uma vista parecida com a que tem um peixe num aquário — é isso mesmo.

Há vários locais na Europa que são totalmente Indoor, outros são em locais com uma vista mais alargada, dentro de um shopping, no exterior ou junto a outros equipamentos de diversão.

 

Nada se compara a um real Salto de Paraquedas, de felicidade pura, a adrenalina, a liberdade, a paisagem sobre a Costa do Algarve, subir num avião, sair e voar. O resto é pura fantasia!


Um Túnel de Vento é bom para aperfeiçoar os movimentos que os paraquedistas fazem em Queda Livre, uma forma de ‘brincar’ com o ar, onde são permitidas manobras que habitualmente eram realizadas só a grande altitude durante num salto.

Instagram has returned invalid data.

Saltar de Paraquedas é uma experiência, outra é brincar num túnel de Vento, são atividades completamente distintas. É como andar num Carro de Corrida Real vs Jogar na PlayStation 🙂

Existe um Skydive Indoor no parque de estacionamento do Shopping Maia (Porto) e em breve irá abrir no exterior Fórum Sintra, ambos dão para ter uma breve noção do voo em túnel, ainda que com dimensões muito limitadas em relação a outras centenas de Túneis na Europa.

Segundo informações gerais, será para todas as idades, vais poder aprender de forma divertida e descontraída a voar com o teu corpo, em todas as posições e variações de velocidade, sempre acompanhado por um instrutor especializado em voar contigo num Túnel de Vento.

 

Os Túneis de Vento

Um túnel de vento, outrora horizontais, têm na sua origem a necessidade de produção do vento para que se pudesse estudar determinados modelos matemáticos em objetos que estejam expostos ao movimento de ar durante um determinado período de tempo ou velocidade. Tal como outras tecnologias estes equipamentos têm evoluído de forma impar em vários sentidos, tornando-se mais eficientes em consumo energético e dimensão.

Com melhoria técnica nasceram os túneis verticais, onde muitos paraquedistas iniciam o seu treino ou melhoram técnicas de voo. Atualmente os Túneis de Vento são na sua maioria simuladores de Queda Livre, que reproduzem velocidades que se ajustam às que são praticadas por um corpo em queda livre, e que podem variar consoante o peso e formato de cada pessoa, normalmente entre os 180 e os 350 Km/.

Atualmente, e com a natural evolução de todos os desportos de aventura, estes são novos equipamentos de diversão para toda a família, sem que tenha de existir um compromisso de que se está a treinar para ser ‘paraquedista desportivo’, e sem a necessidade de aprender tudo sobre o funcionamento e segurança deste desporto mágico.

Esta evolução levou a que grande parte das horas que são realizadas nos Túneis de Vento (Indoor Skydiving) são destinadas aos turistas internos ou externos, e nisso já todos nós sabemos de que Portugal e os Portugueses são mestres na arte de bem receber.